Bienal

A 6ª Bienal chegou. Não tenho lido nada sobre ela, mas já ouvi dizer que será menor (menos locais pra visitar). De uma maneira ou de outra, devo comparecer.

Escrevo pra expressar a minha revolta com um absurdo que acontece sempre: NÃO TOCAR NAS OBRAS DE ARTE. Cartazes pedem e seguranças estão sempre de olho, prontos pra repreender quem toca em alguma coisa. Pro caralho com isso, porra! Como não pode tocar??? Duvido! E por quê não pode?? Me chama o artista, que eu quero ouvir ele dizendo que o seu bloco de concreto cheio de bolinhas de gude e cerdas de escovas não é feito pra tocar! E aquela casa toda forrada de pelúcia rosa? No jornal mostrou as crianças deitando e rolando na casa, mas agora de tarde eu tenho que entrar e sair sem tocarem nada?? Me pediram isso na Bienal anterior, caceta! É CLARO QUE EU POSSO TOCAR. Vou na Bienal e vou tocar naquelas merdas todas. Se for pintura, apenas olharei, mas o que não for, só lamento.

Isso me irrita muito, puta que me pariu… e nunca vi ninguém falando nada sobre isso.

Anúncios
Explore posts in the same categories: arte e cultura, bienal

5 Comentários em “Bienal”

  1. julinha Says:

    eu falei. e eu toquei em tudo. quem manda ter apelo tátil? me faz um ursão do tamanho de um quarto e não quer que eu toque? concordo que é um absurdo. e entrei na casa de pelúcia rosa SÓ DE MEIAS com fiscais gritando: não toca em nada! não toca em nada!
    vou tocar, porra!

  2. julinha Says:

    e digo mais!! ano passado era chamada de “bienal do público”
    como assim??

  3. Lu Says:

    Poutz! Ser mediador em exposições é foda por isso.
    A tentação de tocar as obras é GRAAANDE! Tbm tenho vontade, mas só posso tocar nelas na montagem…
    As exposições + bacanas são aquelas que tu pode (ou deve p/ compreeender melhor) ver, tocar, cheirar. É muito divertida essa interatividade!
    Só que nem todas as obras são assim, nem todos os artistas tem essa proposta!
    Veja bem, não estou defendendo nada!
    Não fiz as regras.
    Tenta pensar um pouquinho pelo outro lado da história… Tu é o artísta, mas teu trabalho não tem a intenção (a princípio) de fazer com quem as pessoas toquem nele, ele é totalmente visual. E ainda ele tem um material sensível, daí vem a criança com sorvete na mão, o guri a com a mão suja de caneta, a guria que tava comendo chocolate, e por aí vai… a questão preponderante é a durabilidade da obra, é fazer com que a peça não perca a identidade (e isso é muito importante!!). Provalmente o artísta queira que sua exposição viaje por vários lugares, e dessa maneira que ela seja vista por muitas pessoas.
    : )
    E vamos que vamos!!
    E a Bienal B tbm tá rolando! Ah, e o Essa POA é Boa no DC vale a pena.

  4. felipeta Says:

    pois é.. mas o que eu acho que acaba rolando é a proibição generalizada por “culpa” de obras em que tocar é prejudicial. não precisava ser assim. nem que fizessem plaquinhas didáticas “PODE TOCAR” e “NÃO PODE TOCAR” eheheh. afinal de contas, é evidente que o simples toque de milhares de mãos não vai estragar, por exemplo, um bloco de concreto com bolinhas de gude.

    tocar, a princípio, não estraga. estraga é a falta de bom senso de alguns, que não têm limite e podem estragar alguma cosia. mas aívem a velha questão: não podemos proibir o álcool (punindo todo mundo que bebe e sabe se manter decente em sociedade) só porque tem babaca que não sabe se comportar quando bebe. não funciona assim.

    mas enfim.. pior seria não ter bienal eheh.

    e obrigado pelo comentário 😉


  5. […] pode tirar foto, amigão. Já expressei minha irritação com o fato de não podermos tocar nas obras da Bienal do Mercosul. Agora, é proibido fotografar as obras da Transfer, no Santander. Trata-se de uma exposição de […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: