“This is Gabriel”

Louis Theroux e a família mais odiada da América.

Passou no GNT, umas 2 horas atrás.

Pra quem não sabe, Louis Theroux é um jornalista inglês que passa um tempo com gente mentalmente bizarra, a fim de entrevistá-las e (não) compreendê-las. Quando escrevo mentalmente bizarro, me refiro a gente do tipo que ama mulheres fisiculturistas, americanos “nazistas”, putas, negros radicais, jogadores (gamblers), entre tantos outros. Tem tudo lá no Google Video.

A família mais odiada da América é um bando de uns 70 retardados filhos-da-puta que acham que TODO MUNDO vai pro inferno, menos eles, que seguem a palavra de deus. Formam a Igreja Batista de Westboro e, basicamente, como deus, odeiam bichas. Festejam qualquer morte, desastre, doença que atinge os EUA, porque é essa a vontade divina: odiar e castigar os pecadores. O 11 de setembro foi um presente de deus, deus é o terrorista da América. Ficam nas esquinas gritando e cantando merda, com seus cartazes ofensivos, se manifestam em funerais de soldados americanos, na frente de igrejas que não sejam a deles…

Só vendo mesmo, é uma piada das mais bizarras.

Mas o pior de tudo é botar as crianças pra participar da porra toda, com o pequeno detalhe: não instruíram os pirralhos direito, caralho! A lavagem cerebral nem foi concluída neles e já os colocam na linha de frente. Constrangedor.

O ponto alto, porém, é logo no começo, quando, depois de dizer (praticamente) que adultério é ser bicha eram a mesma coisa, a mulher apresenta o filho, num momento histórico de PIADA PRONTA.

Dizimem esses cretinos, barbaridade.

Anúncios
Explore posts in the same categories: comportamento, cultura, jornalismo

Tags: , , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

5 Comentários em ““This is Gabriel””

  1. Dora Says:

    Tenho até medo de assistir uma merda dessas. Faz mal pros meus nervos. Tenho hipertensão. Hehe..

  2. Stella Says:

    Outro dia eu assisti pela metade e hoje peguei desde o comecinho. Esse documentário é uma coisa louca. Não dá para entender como um grupo relativamente grande de pessoas, numa sociedade supostamente “avançada” (supostamente, pq de avançados eles nada têm) pode ser tão irracional. É muito triste ver as manifestações nos funerais dos militares – a absoluta falta de respeito com o pesar alheio. Mas o pior é que eles são narcisistas mesmo – se acham o máximo! Muito louco e muito triste – só vendo mesmo para entender!

  3. Marina Says:

    Eu assisti agora mesmo esse programa e fiquei chocada, horrorizada, abismada e tudo o que há de mais assustador. O pior é saber que um dos caras não fazia parte disso e , como jornalista, acabou se integrando ao grupo. Mas pelo menos ele tomou uma escolha por si próprio (por pior que ela seja). O foda são as crianças e adolescentes que nem se permitem questionar sobre os valores da sociedade, nem sobre a própria vida. É totalmente contraditório, o chefão lá se esquivou de perguntas banais, pq no mínimo não sabia explicar por quê teve 13 filhos e condena no casamento.

  4. felipeta Says:

    e tem gente que odeia os EUA. eu acho muito massa a quantidade de coisas bizarras que só poderiam acontecer por lá. muitas dão raiva, certamente, mas é sensacional.

    heeheheh

  5. Filipe Says:

    não tenho tv a cabo mas estou doido pra ver esse documentario…ond posso baixalo legendado na internet alguém sabe?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: