A nova geração dos filmes de ação (parte 1)

Não é um ensaio, um tratado, um dossiê. Não sou especialista, não pretendo me aprofundar nesse post.

Não importam mais questões do tipo “será que isso é realmente possível?”, que renderiam episódios de Mythbusters. Cenas simples assim são básicas e irrelevantes, afinal é de cinema que estamos falando. A partir da década do 00 do atual século, o absurdo é lei. O absurdo em seu melhor sentido. Cenas impossíveis, que ultrapassam os limites do ridículo, são produto de mentes visionárias, não são equívocos, são propositais, e por isso sensacionais.

O full-contact – ou kickboxe – dos anos 90 ficou pequeno para o avanço das mixed martial arts, a popularização do muay thai e o surgimento do Le Parkour. Mesmo o mirabolante John Woo perdeu um pouco (ou muito) do encanto.

Jason Statham é o novo astro de ação. Luc Besson respira e produz filmes. O tailandês Tony Jaa aniquila os espíritos com sua extremidão de muay thai. Analisar mais, ainda que o que eu fiz não tenha sido uma grande análise, é perda de tempo. Prossigamos às perolas ilustrativas do cinema de ação (que me interessa) da década. Apenas as novidades, nada dos requentados de 90 Duro de matar 4, Missão: Impossível e afins. Deixo claro que, como os outros lançamentos cinematográficos, só acabo vendo esses filmes na televisão, também. Uma vez ou outra, alugo.

Carga explosiva (Transporter, The – 2002)

Produção do Luc “O Profissional” Besson, que começou a brincar com carros turbinados na série de filmes Táxi em 1998. Protagonizado pelo Jason Statham, que se libertou da coadjuvância em filmes do Guy Ritchie, que já estrelou filmes ao lado do Jet Li (febre dos filmes de luta da metade final dos anos 90, mas que se mantém ativo). Além do carro do protagonista, e principalmente, o filme tem as lutas. Foi esse que abriu meus horizontes para essa fase recente do Jason Statham.

Trailer:

Vejamos umas cenas, mas o legal é ver o filme inteiro, claro.

Arma girando e o cara pegando-a no ar, um clássico do gênero:

Luta no óleo, com pedais de bicicleta nos pés para não escorregar:

Carga explosiva 2 (Transporter 2, The – 2005)

A seqüência. O Telecine passa direto esse aqui. A cena em que o protagonista salta e gira com o carro, na medida certa para enganchar em um guindaste uma bomba que estava presa sob ele, segundos antes da explosão, é genial. A antagonista é uma sádica de lingerie e metralhadoras. Infelizmente o que mais tem no YouTube é videozinho de mangolão; eles colocam cenas do filme com uma trilhazinha que amam… então deixo somente o trailer:

Carga explosiva 3 (Transporter 3, The – 2008)

Está nos cinemas portoalegrenses nesse momento, ainda não assisti. Traz como vilão o T-Bag, grande personagem da série Prison Break. Difícil ser ruim.

Trailer:

Adrenalina (Crank – 2006)

Injetaram um veneno em Chev Chelios (Jason Statham) e a única maneira (além do antídoto) que ele tem para se manter vivo é fazer a adrenalina jorrar no organismo. Se ele parar, ele morre. É diversão do início ao fim, um absurdo. Muito bom, ridículo. O Telecine passa bastante, também. E a seqüência vem aí, em 2009, sendo que no final desse primeiro filme o cara “morre” (cai de uma altura muito grande e quica no chão). Lindo. Adrenalina 3 também está em produção, amigos. Em 3D.

Essa parte foi só de Jason Statham. Na próxima, muay thai e Le parkour.

Anúncios
Explore posts in the same categories: atualidades, cinema, filmes, tv, vídeos

3 Comentários em “A nova geração dos filmes de ação (parte 1)”


  1. […] A nova geração dos filmes de ação (parte 2) (Parte 1) […]


  2. […] nova geração dos filmes de ação (extra) Post complementar à parte 1 dessa […]


  3. […] (parte final) A parte final demorou, mas chegou. É a menos importante das três. Leia a parte 1 e a parte […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: