Morrendo na coincidência

Dias atrás morreu Marilyn Chambers, do clássico da pornografia Atrás da porta verde e do Cronenberg Enraivecida na fúria do sexo. Agora morreu J.G. Ballard, autor de, entre tantas coisas, Crash, que originou Crash – Estranhos prazeres, do Cronen.

Anúncios
Explore posts in the same categories: atualidades, filmes, literatura

One Comment em “Morrendo na coincidência”


  1. Ballard é também o nome do personagem principal do filme. Cronenberg é muito bom. Parece que a versão de Crash para locadoras não tem várias das cenas de sexo. Por falar nisso, conheces o fotógrafo alemão Helmut Newton? Coloquei algumas fotos dele no meu blog. São softcore, mas gostei. Descobri há pouco tempo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: