Projeto Herzog: Signs of life (1968)

<antes: Projeto Herzog: 3 curtas

Stroszek havia fracassado em várias profissões.

 

World war II. Um soldado baixa no hospital. Sai de lá com mais dois, que acompanham os dias de repouso do ferido na cidade de Kos, na Grécia, lugarejo que só conhece alegria e não sabe que cara tem a guerra. Ficam lá, pintando portas, montando guardas desnecessárias, entre outras atividades cotidianas e entediantes. O ponto alto de sua estadia é a fabricação de fogos de artifício e a hipnose de uma galinha.

Meinhardt: "Meu deus, que cara de estúpida essa galinha tem."

Becker sentado na parede.

Os dois acompanhantes, Becker e Meinhardt, são bem mangolões. O soldado ferido, Stroszek (sim, como o protagonista do filme homônimo) não é, e talvez por isso  sofra com o exílio até despirocar. Ele surta quando avista um campo de moinhos de vento, aí é só descida. Atira contra os amigos e a própria esposa, ameaça explodir a cidadezinha e declara guerra ao Sol.

Lebenszeichen é um filme simples, mas que vai ganhando carga dramática depois que o Stroszek fica louco. É um retrato meio duro de um cara que fracassa. Não trágico, mas seco. Algo como Tu fracassa, meu. E como num bom herzog, há cenas com animais: a já citada hipnose da galinha, uns peixinhos girando pedaços de pão, baratas, gatos, uma mula morta. Tem os momentos cômicos, tem os momentos vida real. It’s all there.

Como no curta The unprecedented defence of the Fortress Deutschkreuz, vem à baila a necessidade da guerra. Uma cidade precisa dela para crescer, diz o narrador.

A título de trívia (thanks, Wikipedia), Florian Fricke está no filme, tocando piano. Fricke era do Popol Vuh, grupo alemão que fez trilha para alguns herzogs nos anos 70. O nome dele aparece nos créditos iniciais, mas obviamente eu não tenho na mente que Florian Fricke era do Popol Vuh, então obrigado de novo, Wikipedia.

A mula.

VIVA HERZOG!

Projeto Herzog: Precautions against fanatics: depois>
Explore posts in the same categories: filmes, Projeto Herzog

Tags: , , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

7 Comentários em “Projeto Herzog: Signs of life (1968)”

  1. Walmortz Says:

    Como bônus paralelo, caso não tenha visto, te recomendo o recente e ótimo documentário da BBC sobre Krautrock!

    • felipe Says:

      hoje de tarde mesmo estava falando disso com um cara! ainda não assisti ao doc, mas sei que o HERZOG aparece nele. valeu, de qualquer maneira.

  2. tiago Says:

    cara, esse é o primeiro longa da máquina?

    • felipe Says:

      primeiro longa, e já primeiro sucesso comercial e de crítica. foi indicado ao urso de ouro em berlim. ganhou urso de prata, um prêmio especial por ser o primeiro trabalho dele. te mandarei um email com links pra baixar legendado em español.


  3. […] Herzog: Precautions against fanatics (1969) <antes: Projeto Herzog: Signs of  […]


  4. […] The Unprecedented Defence of the Fortress Deutschkreuz 04. Letzte Worte (1968) aka Last Words 05. Lebenszeichen (1968) aka Signs of Life 06. Massnahmen gegen Fanatiker (1969) aka Precautions Against Fanatics 07. Fliegenden Ärzte von […]


  5. […] força que aciona prejudica « Projeto Herzog: Apresentação Projeto Herzog: Signs of life (1968) […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: