Werner Herzog salva um curta indie

Já estourando em mil sites e blogs, Plastic bag, do para mim desconhecido Ramin Bahrani. Uma sacola de plástico voa por aí levantando questões existenciais. A voz da sacola é do Herzog. Werner sempre destrói nas narrações de seus documentários, isso não é segredo; seus textos, sua voz, empostação, entonação e sotaque garantem a satisfação. Porém em Plastic bag temos um texto bobo em uma premissa “engraçadinha”. Assim, só mesmo Herzog – ou a voz dele – salva.

Não fosse a Máquina, certamente eu nunca veria esse curta, que me pareceu longo demais (18 minutos) e teve o péssimo hábito de terminar com uma música do Sigur Rós (ou de um cara, ou do cara do Sigur Rós, sei lá), configurando um final redentor fake de anúncio de tv, numa forma de tentar fazer o curta parecer melhorzinho. Ando amargo, mas isso só influi no meu texto sobre, não na minha percepção do filme, que achei fraco mesmo. Por isso não escreverei mais nada, para evitar arrogância maior. Deixo o curta, A TÍTULO DE HERZOG:

via Cinematical.

Explore posts in the same categories: filmes, vídeos

Tags: , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

One Comment em “Werner Herzog salva um curta indie”


  1. […] honrosa para dois filmes do Ramin Bahrani, diretor do curta que eu não gostei Plastic bag, em que o Herzog faz a voz de uma sacola: Goodbye solo e Chop shop. Vibe bem independente, […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: