I’m rotting inside. But I’m not dying.

Look at me and tell me to go way. Don’t ask, tell me.

Ou viva com uma pessoa amarga e sem esperança nenhuma sugando a vida de ti. Talvez seja isso mesmo que tu queira. Porque a vida é horrível e estamos todos morrendo para sempre, a tua alegria é falsa, efêmera e estúpida. No joy.

Vampirismo cru. BAIXO-ASTRAL como não se vê na maioria dos filmes de vampiro, atuais ou antigos. Angústia, existencialismo e pessimismo.

Para um texto longo e aprofundado sobre The addiction (1995), do Abel Ferrara, clique.

Explore posts in the same categories: filmes

Tags: , ,

You can comment below, or link to this permanent URL from your own site.

7 Comentários em “I’m rotting inside. But I’m not dying.”

  1. brunobonfante Says:

    Já downloaded it! Valeu pela dica.

  2. brunobonfante Says:

    Puta filme genial, cara. Acabei de ver agora. Não conhecia o diretor. Vou ver mais dele.

    • brunobonfante Says:

      “O vício tem uma natureza dupla:
      Satisfaz o apetite que o mal engendra,
      mas também vaporiza nossa percepção
      para que esqueçamos a doença que temos.
      Bebemos para esquecermos o fato de que somos alcóolicos.
      A existência é a busca do alívio do nosso vício.
      E nosso vício é o único alívio que encontramos.”

      • felipe Says:

        belo filme, né. abel ferrara é massa. o bad lieutenant dele é demais. the driller killer também. entre outros.

  3. brunobonfante Says:

    E qual “bad lieutenant” eu vejo primeiro, o do Ferrara ou o do Herzog? hehe e qual é melhor?

  4. brunobonfante Says:

    Só pra concluir: Tem uma parte do filme, no final, quando a personagem principal abre as persianas no hospital, que a “vampira-mãe”(dela) fecha as persianas e cita Dante. Achei legal que ela fala do sétimo círculo do inferno de Dante, mas não dá explicações a mais…ou seja, só quem leu o livro ou tem uma idéia é que vai entender…de qualquer jeito, aqui tem(em prosa) falando sobre o sétimo círculo do inferno, que é o lugar também dos suicidas(por isso ela fala das árvores, etc.):

    1 – http://www.stelle.com.br/pt/inferno/canto_13.html

    2 – http://www.stelle.com.br/pt/inferno/notas_13.html

    E viva aos vampiros de verdade! Abaixo os vampiros chiques, alegres e comedores que o cinema anda criando ultimamente!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: